25
set
08

Sobre a UNIVER$ALidade das coisas

Alguém já conheceu algum fiel da Universal? Eu não. A instituição religiosa que mais cresce no Brasil, e que está presente em mais de 100 países, e que é uma das 80 maiores empresas do Brasil, não tem um único fiel de verdade.

Com essa grana toda, eles bem podem comprar tecnologia de ponta para projeção de fiéis. Mas é claro! Eles instalam, nos templos (que são reais), equipamentos que utilizam a técnica de projeção holográfica avançada. Eles funcionam da seguinte forma: os equipamentos processam, através de um software chamado Fiel Holográfico 2.0, dados pré-carregados recolhidos em sites de relacionamentos (como o orkut). Estes dados são cruzados com a Bíblia Digitalizada, para gerarem uma série de Avatares, que são chamados de, adivinhem!: Fiéis! Estes fiéis virtuais são programados, através de um novo modelo de inteligência artificial, baseado nos princípios da ciência teológica (chamado de “Fé Artificial”), para responderem às atitudes, comandos, questionamentos e mandamentos dos bispos.

Conectados por sistemas de fibra óptica, essas máquinas holográficas projetam desde os simples fiéis, que ficam sentados no fundo dos templos (aparentemente em estado letárgico, pois são rodados com um número menor de ações), até os “obreiros”, que ficam entregando panfletos no calor do meio-dia. Francamente! Nenhum ser humano vestiria aqueles paletós para simplesmente ficar entregando panfletos. Aquilo são programas incrivelmente avançados, agindo com uma tecnologia de Fé Artificial mais avançada que os superpotentes computadores da Nasa.

Estes equipamentos são ligados a um supercomputador central, localizado no Templo Maior, em São Paulo, que coordena todas as outras microestações, em cada buraco desse país. De forma que se vocês quiserem destruir a Ireegegwegwfaja Universal, joguem uma bomba atômica no Templo Maior. Mas boa sorte aos corajosos, afinal, o prédio mais seguro do mundo não é o pentágono, e sim o gigantesco templo de Edir Boy.

É, meus amigos! Existem mais coisas entre você e deus do que supõe a nossa vã tecnologia.

arruma a mala aê o/

11
set
08

A verdade por trás do CERN

Vocês, que tão ligados no mundo das notícias e dos acontecimentos extra extraordinários, devem ter visto que um monte de europeu zé ruela achou de construir um túnel redondo, do tamanho duma toca de anão (imagine correr metade da são silvestre, em círculo). Apois, depois de 10 anos de putanhagem, eles tão botando o bicho pra funcionar.
Segundo eles, o brebôte serve jogar um monte de pedacinho de molécula umas nas outras (em sentidos inversos). Beleza: liga o bicho, joga as pedrinha e faz rodar. Agora pra quê? Dizem eles que é pra reproduzir o “Big Bang” (ou o “peido divino”, que deu a origem a tudo e todos) em laboratório (microscopicamente falando). Sim, macho, mas PRA QUÊ?
Aí é que vem o pulo do gato, bróda!
A rapaziada lá da França e da Suíça (e deus sabe mais quem, se brincar até Bin Laden se meteu na história) quer reproduzir a tal explosão pra ver como é que a situação era antes de se formar a terra, o sol, a lua, júpiter, a república galáctica, o asteróide B612…
Aí me aparece um daqueles gordinhos sardentos do cabelo ensebado, que sentam na frente e ficam levantando a mão pra todo espirro que o professor dá: “Pra quê, professor?”
“COMO PRA QUÊ, PORRA?”
Mas tá certo, foi uma boa pergunta: Pra quê ver como era o universo antes de ser o que é?
A grande verdade é que nem eles sabem. Tá ligado menino novo, tipo guri buchudo, que não pode ver um troço que quer pegar? Que quando cresce não pode ver um brinquedo e vai logo abrindo pra saber como funciona e nunca mais consegue montar de novo? Pronto. Herança européia mesmo.
O negócio é que essa brincadeirinha aí, além de ter custado umas 100 vezes o prêmio da megasena (acumulada hein), realmente vai funcionar.
Os cabra tão achando que vão criar um “mini big bang”. Mas eu vou dizer o que vai acontecer: a presepada vai dar tão certo que a porra do tunelzinho vai formar um buraco negro do tamanho de uma bola de gude (cocão, né nem carambola), que vai engolir metade da via láctea até o natal. Digo mais: até a páscoa plutão também vai ser engolido.
Eu, como sou esperto, vou rumar pra São Thomé, que vai ser um dos lugares que não vão ser afetados pela bolinha de gude comedora de universo. Porque tá ligado que São Thomé tem energia né, bicho? Algo como um triângulo das bermudas no meio de Minas Gerais. Aliás, eu vou logo deixando aqui a lista de possíveis lugares pra galera aí se esconder. São lugares que eu, por experiência própria (e alheia) tive o prazer de presenciar a atividade enérgica:

Triângulo das Bermudas
Area 51
Roswell
Machu Picchu
Acre
A caverna de Bin Laden
Pasárgada
Macondo

 

E por aí vai. Esses são os que eu lembro agora. Portanto, amiguinhos, arrumem logo suas coisas, porque assim que o tunelzinho der o gás, o mundo vai ficar parecido com Nova York em “Eu Sou a Lenda”. Os seres humanos reminiscentes vão se intocar nos lugares enérgicos, e o restante (que porventura consiga sobreviver) vai ser um mói de zumbi comedor de cérebro. E o mundo vai ser um monte de buraco cheio de nada. Com o passar do tempo, cada lugar cósmico desses vai se tornar um planeta independente, e blá blá blá… aquela história que a gente conhece. Até um bando de cientista do futuro ter a brilhante idéia de reproduzir, num tunelzinho de anão, “o começo do universo”….
Enfim, os próximos posts vão ser lá de São Thomé. Não se preocupem se as coisas ficarem meio chapadas por aqui.

Asereje ha dehe o/




julho 2017
S T Q Q S S D
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31